Alinhamento de direção ou geometria é o ajuste da suspensão em determinados valores que garantem a segurança e a estabilidade do veículo. Qualquer mudança nesses valores gera o desalinhamento das rodas e outras irregularidades mecânicas.

É nada mais do que o ajuste na convergência e divergência de rodas, consistindo na correção dos ângulos da geometria do veículo. Através de ajustes da suspensão e direção, se permite um rodar livre com a máxima aderência ao solo possível; afinal os pneus são os “trilhos” que prendem o veículo à estrada.

Estabilidade e Segurança

Esta manutenção se dá para que haja melhor dirigibilidade, evitando desgastes irregulares de pneus e suspensão. Manter o carro alinhado garante que ele siga a trajetória comandada pela direção. Isso significa que seu carro terá sempre boa estabilidade e aderência no asfalto, mesmo em situações de emergência como frenagens bruscas e mudanças repentinas de direção.

Um mau alinhamento faz com que as rodas não dirijam no mesmo sentido, sendo um dos problemas que mais aumenta o custo de manutenções futuras que o automóvel pode vir a ter.

Todos os veículos possuem alinhamento dianteiro, mas pode haver um também no eixo traseiro, em certos modelos que possuem regulagem de alinhamento. Alguns exemplos dos que tem são Honda Civic, Vectra e Uno.

Quando devo fazer o alinhamento?

Há diversos sintomas que apontam a necessidade de alinhamento, como:

  • Falta de estabilidade ao atingir velocidades mais elevadas;
  • Volante não centralizado ou rígido;
  • Desgaste irregular ou prematuro dos pneus;
  • Tendência à queda da direção para um dos lados.

Ao notar qualquer um desses sintomas, é recomendado procurar uma revisão. Também se aconselha uma a cada troca de pneus e, preventivamente, a cada 10.000 km rodados. Desta forma, os pneus terão uma maior vida útil, com maior quilometragem.

A fundo no alinhamento

Os principais componentes da direção de um automóvel são o volante, a coluna da direção, e as barras transversais conectadas às rodas do automóvel. A maioria dos automóveis atuais possuem direção assistida hidráulica, o que leva a um bom manuseamento do veículo e a uma condução mais leve. Ou seja: quando o motorista vira o volante, o movimento aciona um sistema que faz as engrenagens se moverem de forma mais fácil.

Para compreender ainda melhor o alinhamento, veja um resumo dos elementos que fazem parte da sua constituição:

  • Convergência / Divergência:

Ainda que em teoria, as rodas frontais devam apresentar um posicionamento paralelo quando apontadas para frente, elas obtêm melhores resultados quando são convergentes ou divergentes; a direção fica mais firme, e desgasta menos os pneus. A convergência ocorre quando o ajuste nas rodas é mais fechado na extremidade dianteira do que na traseira. Já a divergência, quando elas têm um ângulo mais aberto na extremidade dianteira do que na traseira, o que permite, por exemplo, fazer curvas com mais segurança.

  • Caster

É o principal responsável pela estabilidade do automóvel. Um caster desigual faz com que a roda vire sozinha para determinado lado: ou seja, não deixa o automóvel seguir completamente em linha reta. Isso pode desgastar os pneus rapidamente, reduzindo sua vida útil. Confira nossa página sobre casters para mais informações.

  • Camber (Cambagem)

É o ângulo de inclinação das rodas em relação à vertical. Ele é determinado pela parte superior da roda, podendo ser positivo ou negativo. Se o camber for positivo, o desgaste será no ombro externo, e se for negativo, no ombro interno. Confira nossa página sobre cambagem para descobrir mais sobre.

  • Inclinação de Cavilhão

Uma verificação neste componente permite tirar conclusões quanto às peças de direção, e quanto as partes da própria estrutura do carro. Porém, o ângulo de inclinação do cavilhão não tem regulação em grande parte dos automóveis.

Alinhamento e Balanceamento

Estes são dois processos diferentes que por vezes, são confundidos. Ambos são igualmente importantes para o veículo, afetando diretamente na funcionalidade do mesmo. Enquanto o balanceamento é a manutenção do equilíbrio entre o pneu e a roda, o alinhamento serve para alinhar as rodas em relação ao volante; já que elas precisam estar paralelas tanto entre si, quanto em respeito ao volante.

Quer saber mais? Temos uma página para balanceamento que se aprofunda no assunto.

Não corra riscos

Ao menor sinal de desalinhamento, procure uma de nossas lojas e peça para um de nossos mecânicos fazer uma breve revisão. Assim você evita correr riscos desnecessários. Além disso, economiza, pois carros desalinhados desgastam os pneus de forma irregular e antecipam a necessidade de troca.

A ABC pneus está presente em várias localidades do Rio de Janeiro (2 lojas em Campo Grande, Méier, Ilha do Governador e Santa Cruz). Prestamos um serviço de qualidade sempre que você precisar.