Baterias Automotivas

Bateria Automotiva

As baterias de carros são as principais responsáveis pela locomoção. Estas pesadas caixas negras estão sempre preparadas para fornecer a energia elétrica necessária para acionar a ignição do carro. Depois de ligado, a bateria é carregada pelo alternador, e pode continuar a oferecer energia para outros componentes do veículo.

Se não tiver uma bateria automotiva saudável, o seu carro não é mais que um grande pedaço de metal esculpido estacionado. Por isso, essa peça é comumente chamada de coração do veículo. Sem ela, o motorista sequer consegue dar a partida ou acender as luzes!

A bateria por si só serve para armazenar energia, com os modelos chumbo-ácido sendo os mais usados. Na constituição interna, há placas carregadas positivamente e placas carregadas negativamente, com separadores entre elas, que permitem a passagem de corrente elétrica e evitam curtos-circuitos. Para que a bateria realize as reações químicas e funcione, essas placas são mergulhadas em eletrólito: uma mistura de ácido sulfúrico e água. É o líquido conhecido como “solução para bateria”. Por fim, todos esses componentes são protegidos por uma carcaça plástica. Essa composição é o que permite que a bateria armazene energia elétrica recebida do alternador e distribua para todos os sistemas eletroeletrônicos.

Uma bateria sem vida pode se tornar um grande problema, principalmente se ficar parado no meio da estrada sem cabos de bateria, tendo que ficar à espera da assistência. Por outro lado, se for proativo na manutenção e substituição da bateria do seu carro, pode ficar descansado e despreocupado que ele estará sempre preparado para se locomover e te levar onde desejar.

Qual a vida útil da bateria?

As baterias dos automóveis não duram para sempre, tendo vida útil limitada. Por isso, atenção para sinais de que podem estar desgastadas. Caso alguma dessas situações ocorra, pode ser hora de trocá-la:

  • Perceber se as luzes estão fracas;
  • Baterias com 2 ou mais anos de uso;
  • Se por eventualidade o seu carro precisou de uma chupeta (procedimento para a recuperação da bateria, em que é utilizada a bateria de outro veículo na hora da partida).

É importante evitar adaptações na bateria, especialmente de luzes extras e sons potentes. Outro bom conselho é se atentar ao fabricante. Produtos mais baratos usam materiais e componentes de menor qualidade, o que faz com que a vida útil seja menor. Uma de qualidade extraordinária pode durar até cinco anos, porém isso depende também de cuidados e de manutenção constante.

As características do carro são outro fator importante. Se há muitos componentes elétricos instalados, a bateria tem tendência a durar menos. Até o clima pode interferir na vida útil da peça: em dias chuvosos ou nublados, o motor pode demorar mais para ligar. O motorista acende os faróis mais cedo em dias assim, e usa limpadores de para-brisa com mais frequência.

Quando substituir a bateria do carro?

Ao longo da vida do seu carro, muito provavelmente, terá de substituir a bateria do mesmo várias vezes. Lembre-se de sempre consultar o manual do proprietário na hora de comprar uma nova, já que nele vêm todos os detalhes para adquirir o modelo ideal para seu veículo, evitando gastos desnecessários com substituições e trocas vindas de futuras falhas.

Mas antes de procurar um eletricista ou uma bateria nova, veja os principais sinais de que uma substituição é necessária:

  • Desgaste de idade;
  • Luzes fracas ou piscando;
  • Ficar sem carga não intencionalmente (quando esquecer as luzes ou outro acessório elétrico ligado);
  • Falhas no frio, com o carro demorando para ligar de manhã ou em dias de temperatura baixa;
  • Demora do carro para ligar no geral, ou motor “acordando” lentamente;
  • Motor parado, com arranque do motor não se mexendo (acenda os faróis altos ao mesmo tempo para checar se o problema é na bateria);
  • Oxidação nos terminais na bateria, que impede que a recarga seja feita de maneira adequada;
  • Acendimento da luz de alerta do painel;

Medidas preventivas de cuidado para a bateria do carro

Para um melhor aproveitamento do produto, o mais importante é fazer revisões periódicas. O mau funcionamento do sistema elétrico do veículo pode comprometer diretamente a vida útil da bateria. Porém, há alguns cuidados que podem ser tomados para que ela dure mais:

  • Verifique a capacidade da bateria: caso instale acessórios elétricos após a aquisição do carro, há uma boa chance de ela ficar sobrecarregada;
  • Desligue tudo na hora da partida;
  • Cuide corretamente dos terminais da bateria e os mantenha sempre limpos (pode-se utilizar uma mistura de água com bicarbonato de sódio em áreas comprometidas, secando muito bem depois, e sempre fazendo isso com o carro desligado);
  • Desconecte os terminais da bateria caso seu carro fique mais na garagem do que nas ruas. A recomendação é remover ao menos o terminal positivo. Se os dois forem desligados, o negativo deve ser ligado primeiro;
  • Bote o motor para funcionar, pois os processos consomem mais carga quando ficam em segundo plano. É aconselhado uma vez por semana, deixar o veículo ligado por cinco minutos, para que a durabilidade da bateria aumente;
  • Faça a manutenção do alternador;
  • Compre um auxiliar de partida, que serve para enviar uma carga extra para a bateria, fazendo a “chupeta” sem precisar de outro carro em casos de emergência;
  • Deixe um cabo de bateria de boa qualidade sempre no porta-malas, também para emergências.

Conte com a ABC

A ABC Pneus está presente em várias localidades do Rio de Janeiro (2 lojas em Campo Grande, Méier, Ilha do Governador e Santa Cruz). Prestamos um serviço de qualidade sempre que você precisar, e oferecemos aos clientes um check-up geral da suspensão de seu veículo, verificando amortecedores, eixos, molas, rolamentos, pivôs, terminais, juntas, coxins, bandejas, batentes e buchas.

Fique atento aos desgastes na bateria, e se percebê-los, não espere e vá até uma de nossas lojas para manter o seu carro longe de problemas.