Você é um motorista de primeira viagem ou ainda não conhece bem o sistema automotivo, este artigo é para você. Certamente você já deve ter ouvido falar o quão importante é a suspensão do  carro, não é mesmo?! Mas o que isso significa exatamente? Para que serve e como atua um sistema de suspensão? De que é composto? Essas e outras dúvidas são esclarecidas aqui neste artigo.

Para que serve o sistema de suspensão?

A principal ação da suspensão é ligar o chassi às rodas. Com uma série de componentes, o sistema atua continuamente para absorver os impactos do carro no chão. Assim, é gerado mais conforto para o motorista e passageiros do veículo. Além disso, o veículo tem mais estabilidade e a direção fica mais segura.

Do que é composto o sistema de suspensão?

Elementos flexíveis compõem o sistema de suspensão. Entre eles, encontram-se como principais: amortecedores, molas, bandeja e barra estabilizadora. Bem como também fazem parte do sistema os eixos, as molas, os rolamentos, terminais, pivôs, juntas, batentes e buchas.

Tipos de suspensão

Mesmo que a função principal de estabilizar o veículo seja a mesma para todos, existem diferentes tipos de suspensão. Leia uma breve descrição de cada uma a seguir.

  • Suspensão de triângulo duplo:  suspensão independente caracterizada pelo bom controle de estabilidade; por isso, é encontrada em carros esportivos.
  • Suspensão Multilink: inspirada no triângulo duplo, tem mais braços que promovem maior liberdade de movimento. Assim permite o controle em várias direções e é geralmente encontrada em carros com tração dianteira ou traseira.
  • Suspensão MacPherson: simplificada, com poucas peças e mais leve do que as outras; é um tipo de suspensão independente.
  • Suspensão ativa: tecnologia que antecipa as irregularidades coletando dados da pista por sensores. Tem um sistema ativo para as correções com foco no melhor desempenho do carro. Esta suspensão ainda não é comum de ser encontrada em modelos que saem da fábrica.
  • Suspensão de eixo rígido: usada antigamente, possui uma resistente barra de ligação nas rodas. Hoje, ainda é encontrada em modelos militares e off road.

Como funciona o sistema de suspensão?

Ainda durante a instalação da suspensão, ela já cumpre seu trabalho de suportar o peso do veículo. Desde este momento, o sistema já garante a distância adequada entre o chassi e as rodas.

Quando o carro está em movimento, é a suspensão que mantém todas as rodas em contato com o solo. Isso é possível com a atuação conjunta de molas e amortecedores. Dessa forma, toda a ação da suspensão é realizada.

Ao passar em buraco, por exemplo, a mola da suspensão tem a capacidade de esticar e comprimir controlada pelo amortecedor. Com este conjunto, é diminuído o impacto do buraco. O pneu também é atuante no processo.

Outro exemplo de atuação da suspensão que podemos dar é nas curvas. Quando isso acontece, a mola faz uma força contra a carroceria. Assim, essa não inclina tanto. Enquanto isso, a barra estabilizadora liga as colunas da suspensão e distribui igualmente a força entre os lados.

Na ABC Pneus oferecemos reparo e revisão do sistema de suspensão e peças do mesmo. Conheça nossos serviços e entre em contato para fazer o agendamento , atendemos em 4 localidades do Rio de janeiro, com 5 lojas.